Relogio Com Comentario

VERSÍCULO DO DIA

sexta-feira, 23 de junho de 2017

A CCB E SUAS HERESIAS

CONGREGAÇÃO CRISTÃ DO BRASIL E SUAS PRINCIPAIS HERESIAS
VAMOS AS HERESIAS.
1ª heresia: Ocultismo – Decidem todas as suas heresias a portas fechadas e divulgam-nas por meio de LISTAS SECRETAS DE ENSINAMENTOS dirigidas exclusivamente aos membros do ministério, sem a competente informação da base bíblica. Leia João 18:20-21; Mt 5:14-15; At 15; At 20:20 e 20:27.

2ª heresia: A Bíblia - “CONTÉM” - a Palavra de Deus. Isto torna a Bíblia um livro comum. Mudaram isso no estatuto de 1995 e fazem segredo até a presente data, enganando a irmandade pois até hoje distribuem hinários com o 1º Ponto conforme convenção de 1927.
3ª heresia:Negação da divindade absoluta de Jesus Cristo. Ensinam que Jesus Cristo nasceu um homem como você e como eu. Negam a encarnação do Verbo Divino. Declaram nas LISTAS SECRETAS "que Jesus Cristo foi feito Senhor e Cristo depois da ressurreição"
4ª heresia: "A Bíblia é letra morta." O 1º Ponto de Doutrina declara "“Nós cremos na inteira Bíblia e aceitamo-la como infalível Palavra de Deus inspirada pelo E. Santo”. “A Palavra de Deus é VIVA e eficaz..” (He 4:12) ““Anulastes a Palavra de Deus pela tradição” (Mc 7:13.)
5ª heresia: "A Bíblia só tem vida na boca do servo da CCB. ““Deus amou o mundo.. que deu..” (Jo 3:16); o evangelho é para ser pregado a toda raça, tribo, nação e a CCB não saiu do Brasil. No mundo há 450 paises, protetorados, possessões, domínios, milhares de tribos, a espera do evangelho.
6ª heresia: "Salvação só na CCB. Este grupo só começou a reunir em 1910 e em 100 anos ainda não saiu do Brasil. No mundo há 450 paises, protetorados, domínios, possessões. Milhares de nações indígenas e milhares de línguas e dialetos aguardando a tradução da Bíblia.
7ª heresia: "A CCB é a verdadeira igreja que Deus deixou na terra, “a moeda verdadeira” e todas as demais são falsas. Esta relação de heresias que somam 70 pontos, é um documento fiel, prova que o ministério tornou a CCB uma igreja falsa e mentirosa.
8ª heresia: "Falsa profecia no púlpito. Veja que todos os profetas de Deus profetizaram de maneira inconfundível. Suas profecias não eram jogadas no ar e... “caia na cabeça de quem cair”. Eram direcionadas corretamente. Veja, como exemplo, Ágabo amarrou Paulo com o cinto do mesmo e fez a profecia. Na sala havia outras pessoas, mas ninguém saiu dali com dúvidas. Todos entenderam que era com Paulo. At 21:10-11.
9ª heresia: "Púlpito de outras igrejas é ocupado por demônios. Notou que em caso de possessão demoníaca, não há um servo capaz de expulsar o demônio? Porque será? Pastor dá show na TV, mas o Ancião dá desculpa. Incrédulo não expulsa demônio. Mt 12:26; Mc 16:17. Quando temos manifestação demoníaca nos nossos cultos, a pessoa é retirada pelo pessoa da portaria e levado para o “quartinho”, ficando isolada. No final do culto volta para casa, carregando consigo o seu demônio. Não há ninguém capaz de resolver esse problema espiritual.
10ª heresia: "Dom para expulsar demônios. É preciso ter o dom da vida eterna, ser salvo. Anciães da CCB não estão salvos, os mesmos não possuem o Espírito de Deus para expulsar demônios. Pastores dão show na TV enquanto os Anciães dão desculpas. Mt 12:26; Mc 16:17.
11ª heresia: "Salvação por meio de obras. Salvação é pela graça e não por obras. “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé. E isto não vem de vós, é dom de Deus. NÃO VEM DAS OBRAS para que ninguém se glorie” (Ef 2:8-10) Leia também Rm 11:6 “Se é por graça JÁ NÃO É POR OBRAS”” e Rm 4:1-25.
12ª heresia: "Disseminação de doutrinas heréticas em LISTAS SECRETAS DE ENSINAMENTOS. O Senhor Jesus não praticou isso. Veja João 18:20-21; Mateus 5:14-15; Atos 15; Atos 20:20 e 20:27. Na obra de Deus nada deve ser secreto. As decisões em Atos 15 foram divulgadas a todos. Nada escondido. Leia 2º Pe 2:1.
13ª heresia: "CCB é a graça de Deus - Grande mentira! A graça de Deus é o sacrifício de Jesus na cruz do Calvário para salvar nossas almas e seu sangue para perdoar os nossos pecados. (1ª Jo 2:1-2)Toda obra diabólica vem para aniquilar esta verdade expressa na Bíblia.
14ª heresia: "Negam o estudo bíblico – O Senhor ordenou: “Ide, ensinai”; “ensinai a guardar tudo que vos tenho mandado” (Mt 28:19-20). Paulo ensinou Timóteo e mandou que ensinasse a outros homens também idôneos. (2º Tm 2:1-2). O N.T. todo manda ensinar.
15ª heresia: "Não existe o ministério de pastor. A palavra para Pastor, Bispo, Ancião é a mesma: "“presbutero”. A Bíblia ensina: “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para.., e outros para.., e outros para pastores e doutores” (Ef 4:11 e 1º Pe 5:4 ).
16ª heresia: "Negam a existência de mestres e doutores. Nas Escrituras aprendemos que “E Ele mesmo deu uns para...pastores e doutores” (Ef 4:11). Na igreja primitiva houve muitos doutores e mestres (Irineu, Justino, Taciano, Teófilo, Orígenes, Agostinho).
17ª heresia: "O uso do véu e do cabelo: Usos e costumes orientais. Paulo manteve para não dificultar a pregação do evangelho. Não dá para dogmatizar isto. Além das instruções do Apóstolo ensinando que “o cabelo foi dado no lugar do véu.” Sociedades há no mundo onde a mulher rapa a cabeça. Como pregar isso para eles?
18ª heresia: "Não ao sustento do obreiro: Desobedientes! Em seis lugares a Bíblia manda sustentar o obreiro. O Senhor ordenou isso. Paulo recebeu salário. (2ª Co 11:8)Veja em 1º Tm 5:18 “digno é o obreiro do seu salário”. O ancião recebe muito mais que um salário em negociatas com a CCB, ou no meio da irmandade, ou outros benefícios mais.
19ª heresia: "Não ao dízimo: Contudo, é ordem do Senhor: “[...] deveis, pois, fazer estas coisas sem omitir aquelas”. (Mt 23:23) Condenam o dízimo, mas têm cinco coletas diferentes que são cobradas todos os cultos. Viagens, construções, piedade, manutenção, fora pedidos de ofertas voluntárias e coletas extras que os diáconos fazem.
20ª heresia: "A prática do alcoolismo. É elevado o teor alcoólico dos "“velhinhos” da CCB. E só whisky importado. Muitos viciados no ancianato. Há ministros donos de botequins e ganhando o seu pão de cada dia vendendo a pinga, o conhaque e o cigarro. Alguns destes botecos tem também jogos a disposição dos viciados no fumo e na cachaça. Assista a um casamento de membros da CCB. Vai verificar que são de membros da “Congregação Cristã do Barril”, não "do Brasil". Não têm poder para controlar a carne, não possuem o Espírito Santo e por isso são escravos do vício.
21ª heresia:"O templo é um lugar sagrado. O templo não é a igreja. É uma construção de alvenaria. Igreja é o corpo espiritual de Cristo, formado pelos servos de Deus que viveram em todas as épocas. “Habitaria Eu em casas feitas por mãos de homens”?
22ª heresia: "O crente não peca. A Bíblia ensina: “Se dissermos que não temos pecado, a nós mesmos nos enganamos -E A VERDADE NÃO ESTÁ EM NÓS”; “Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso (a Deus), e A SUA PALAVRA NÃO ESTÁ EM NÓS” (1º Jo 1:8-10)
ORA VEJA: O ANCIÃO NEGA O PECADO NA SUA PRÓPRIA VIDA... E VOCÊ CRÊ QUE A PALAVRA ESTÁ COM ELE?

23ª heresia: "Adultério é pecado de morte. Jesus ensinou que “todo pecado e blasfêmia cometido pelos homens tem perdão, mas a blasfêmia contra o Espírito Santo não tem perdão..” (Mt 12:24-32). Mas a CCB lança no inferno e despreza quem caiu nessa situação. Diz que o pecado destas pessoas não tem perdão. Davi adulterou e foi perdoado. O filho pródigo fez pior, foi e gastou tudo com as prostitutas e, quando voltou arrependido, foi beijado, abraçado e festejado. (Lc 15).
24ª heresia: "A migração do crente para outra igreja evangélica é apostasia. Ora, Francescon saiu da Igreja Presbiteriana, fundou a Congregação e depois migrou para a CCA, que não mantém nenhum vínculo com a CCB. O Ir. Beretta, seu batizador, foi o campeão da apostasia pois abandonou os Metodistas Livres indo para o meio dos presbiterianos italianos, batizou novamente na Igreja dos Irmãos, depois migrou para o grupo do Ir. Francescon. E não sabemos se parou por ai...
25ª heresia: "Participar do culto em outras denominações evangélicas é adulterar espiritualmente. Ora, adultério é a relação sexual entre um homem e uma mulher e um deles pelo menos com o vínculo do matrimônio. “Torcem” os textos como em Mc 10, para dar base bíblica à suas heresias. Veja 2ª Pe 3:16
26ª heresia: "Visitar outra igreja evangélica é pecado de morte. Forçam o sentido de textos como em Mc 10 para dar base bíblica às suas heresias mentirosas. Esta heresia é uma violência à nossa liberdade de escolha. “...não vos façais escravos de homens”.
27ª heresia: "O Espírito de Deus só opera na CCB. Com estas heresias, com certeza o Espírito não opera é na CCB. Leia Mt 24:24: “...falsos profetas farão.. sinais e prodígios que se possível enganariam até os escolhidos”. Ap. 16:14 e 19:20; 2º Co 11:13-15.
28ª heresia: "As outras igrejas são operadas por espíritos mundanos ou demoníacos. A CCB em 100 anos não saiu do Brasil. As demais denominações estão espalhadas pelo mundo. Será que as denominações governadas por homens endemoniados resolveram fazer o que a CCB se nega fazer, o “ide por todo o mundo"?
29ª heresia: "É pecado de morte se opor a CCB. O diabo domina pessoas com medo e terror. MENSAGENS SUBLIMINARES e lavagem cerebral, anularam a capacidade de análise e o senso crítico das pessoas. Sem conhecimento bíblico as pessoas foram escravizadas.
30ª heresia: "A doutrina da ICAR, a transubstanciação na santa ceia. Esta heresia está apenas no começo. Estão "“sepultando” os restos da ceia. Daqui a pouco estarão se reunindo, cantando hinos e exortando como fazem nos funerais. Os restos, ou se consome ou se joga fora.
31ª heresia: "O batismo em nome de uma quaternidade. A Bíblia cita batismos “em nome de Jesus Cristo” (At 2:38, At 10:48), “em o nome do Senhor Jesus” (At 8:16, At 19:5), mas o Senhor ensina “em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. O que a CCB faz é uma excrescência tolerável, uma inserção indevida. O erro é fazer dogma. E não dá para ficar "apontando o dedo" para condenar o batismo dos outros.
32ª heresia: "A controvérsia inventada pela CCB na fórmula batismal: “te batizo” e “eu te batizo”. Esta é de uma pobreza intelectual formidável. Dá para andar por ai com vergonha de dizer-se crente da CCB. Vamos ser heréticos mas não analfabetos.
33ª heresia: "Só o batismo da CCB é válido. Só o ancião da CCB tem o “copyrigth” (direitos autorais) para batizar. Só ele tem as chaves do reino dos céus, não importa se o tal é homossexual, ou adúltero, ou ladrão de coletas, estelionatário, maçon ou incrédulo.
34ª heresia: "O batismo salva. Os judeus batizavam. João Batista batizava. É fácil entender que Jesus não precisaria morrer para nos salvar, se o batismo salva. Cristo poderia morrer de velhice. Este é um ataque diabólico ao sacrifício de Cristo.
35ª heresia: "O batismo regenera. Quem regenera é o Espírito Santo no momento em que a alma acredita no sacrifício de Cristo para a sua salvação. Ocorre quando o crente recebe o Espírito Santo. É a habitação do Espírito Santo no coração do Crente. Pode ser antes ou depois do batismo. Veja At 10:47 e 9:1-18.
36ª heresia: "A salvação por meio das obras. A salvação é pela graça (graça significa: favor que não merecemos). “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras para que ninguém se glorie” (Ef. 2:8-10); ”E se é por graça, JÁ NÃO É POR OBRAS, do contrário graça já não é graça”(Rm 11:6); Rm 4:2.
37ª heresia: "A purificação dos pecados pelas águas do batismo. O que nos limpa dos pecados é a fé no sangue do Senhor Jesus. Este é outro ataque diabólico à obra de redenção do Senhor “..o sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo o pecado” (1º Jo 1:7.)
38ª heresia: "O sono após a morte. A Bíblia ensina que há vida consciente após a morte. Ap 6:9-10; Ap 7:9-10; Ap 7:15-17; Mt 17:3; Lc 16:20-31;
39ª heresia: "Rejeição da certeza da salvação. Só pode duvidar quem não possue salvação. “Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho: quem a Deus não crê, mentiroso o fez; porquanto não creu no testemunho que Deus de seu filho deu” (1º Jo 5:10.)
40ª heresia: "Só é válida a oração de joelhos. A Bíblia mostra oração feita em diferentes posições. Oração em pé Gn 18:22; sentado At 2:1-4; de cócoras 1º Re 18:42; no ventre do peixe Jn 2:1-3; deitado Is 38:2-3. O que importa a atitude do coração. O fariseu não foi ouvido - o publicano sim.
41ª heresia: "Prática do ósculo santo. Usos e costumes orientais que perdura até hoje. Paulo instruiu para praticar, a fim de não colocar dificuldade para a pregação do evangelho. Não dá para dogmatizar. Há incoerência na argumentação da CCB.
42ª heresia: "A saudação válida é a da CCB: "Paz do Senhor" ou "paz de Deus". Senhor no grego é “kyrios” e equivalente a “Adonay” em hebraico, nome, e não uma expressão de tratamento. Já “El” usado por judeus e pagãos, pode referir-se a qualquer Deus Tratam o nome de Deus de maneira ambígua. Da maneira que está pode referir-se a um deus qualquer. Precisamos ter o maior respeito com o uso do nome de Deus.
43ª heresia: "Prática do ósculo santo. Usos e costumes orientais que perdura até hoje. Paulo instruiu para praticar, a fim de não colocar dificuldade para a pregação do evangelho. Não dá para dogmatizar. Há incoerência na argumentação da CCB.
44ª heresia: "Proibido mulher pregar. Usos e costumes orientais. Paulo instruiu para praticar para não colocar dificuldade ao evangelho. Na CCB a mulher ora e dá testemunho. Como pregar o evangelho em sociedades matriarcais? Não dá para dogmatizar.
45ª heresia: "Proibido mulher exercer ministério ou ensinar na igreja. Discriminação sexual. Ana Spina ensina. Porque a Ana Spina pode presidir e ensinar e as demais não podem? Priscila ensinou At. 18:24-26-Rm 16:3. Onde não há homem, quem pregará? Na história da CCB tivemos mulheres cooperadoras e missionárias. Mulheres pregando nas reuniões, até o ano de 1940.
46ª heresia: "Proibido mulher tocar outros instrumentos exceto órgão. Discriminação sexual proibido por lei. Isto gera filas enormes nos cultos pois todas desejam prestar um serviço no andamento do culto. Esta heresia deixa na “cara” de qualquer um, que só o diabo é capaz de inventar uma idiotice destas.
47ª heresia: "47ª heresia: Prática da LINGUAGEM SUBLIMINAR. Mensagens embutidas no meio da pregação, sem amparo bíblico, heréticas, e o povo por não conhecer o que ensina a Bíblia, recebe como verdadeiro e vindo do céu. É crime previsto em lei. É a manipulação mental.
48ª heresia: "Rejeição da pregação em lugares públicos. O Senhor e os Apóstolos pregaram nas praças, nas ruas e em lugares públicos. Mais uma “trava” diabólica para impedir a divulgação do evangelho. “Ide e pregai” não “aguardar que venham ao templo”.
49ª heresia: "A palavra pregada é mais importante do que a Bíblia." Resultado da prática da “roda da sorte” e da dependência da “boca dos homens” da CCB. Conseguiram isso com falsas profecias, LINGUAGEM SUBLIMINAR e a proibição do estudo bíblico.
50ª heresia: "48ª heresia: A apostasia da igreja cristã através dos séculos e a restauração através da CCB." O Senhor disse que “as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16:18). Admitir isso é acreditar que a obra de Deus fracassou. A CCB é a grande apostasia.
51ª heresia: "A prática da manipulação e controle mental através de ensinos que levam a uma estrutura psicológica fechada. A aplicação da LINGUAGEM SUBLIMINAR e a ausência do ensino bíblico. Mensagens subliminares que aterrorizam e geram superstição.
52ª heresia: "Revelações outras fora da Bíblia. Acreditam em testemunhos e pregações contraditórios ao ensino bíblico. Práticas reveladas contrárias ao ensino bíblico.. Uso da MENSAGEM SUBLIMINAR como revelação, que possibilita o controle da mente.
53ª heresia: "Histórico da Obra de Deus revelada pelo Espírito Santo, no século atual” e “Mensagens”, como mais importante que as Escrituras Sagradas. Seguem a falsa profecia contida no “Mensagens” e “lixo” para a ordem do Senhor “Ide e pregai” Mc 16:15, Mt 28:19.
54ª heresia: "Dogmatismo doutrinário em pontos, praticas, usos, costumes e liturgia secundárias e irrelevantes. Neste ponto dá para escrever um livro, tantas “asneiras” colocadas como dogma para evidenciar um exclusivismo religioso. Ver heresias já relatadas.
55ª heresia: "Tradição oral transmitida entre si e revelações outras com peso e autoridade maior que o ensino da Bíblia. “Tudo é de Deus”. Não há o senso crítico e a capacidade de análise. O temor, o terrorismo, a superstição e a ignorância campeiam nos corações e nas mentes.
56ª heresia: "A idolatria aos anciães. A prática de falsas profecias com a “roda da sorte” e a ausência do ensino bíblico gerou a dependência da boca do ancião. A aplicação de LINGUAGEM SUBLIMINAR e o terrorismo geraram a idolatria. Ler Ex 20:3.
57ª heresia: "A proibição de ler literatura cristã. É a prática do controle mental, para facilitar a castração do senso crítico e a capacidade de análise. Facilita a pregação da MENSAGEM SUBLIMINAR e, como conseqüência, a dependência mental.
58ª heresia: "Proibido casar com crentes evangélicos de outras denominações;
Discriminação religiosa. É crime proibido por lei. Não tem base bíblica. Resultado do sectarismo religioso, da ignorância em que o povo vive (2º Co 3:17; Gl 5:13; Jo 8:36).

59ª heresia: "Membros do ministério estão proibidos de casar com mulheres viúvas ou divorciadas. Esta heresia teve uma correção parcial em 2004. Aprenderam isso com os sacerdotes do Velho Testamento. Leia o retrato literário da CCB em 1º Tm 4:1-5. Veja He 13:4.
60ª heresia: "Não comparecer a festas realizadas em templos de outras denominações. Discriminação religiosa. É crime proibido por lei. Não tem base bíblica. Resultado do sectarismo religioso, da ignorância em que o povo vive (2º Co 3:17; Gl 5:13; Jo 8:36).
61ª heresia: "Alimentar-se em festas natalícias, festas de casamentos realizados em outras igrejas ou alimentícios de empresas. A Bíblia ensina que “o que sai da boca é que contamina o homem” e “o reino de Deus não é comida ou bebida”. Mt 15:11; Rm 14:17.
62ª heresia: "Prática do proselitismo, pregam "“a roda da sorte” (convite para ouvir profecias sobre a sua vida) e as heresias da CCB para outros crentes ao invés de pregar a salvação do evangelho. Não dão testemunho para os não salvos.
63ª heresia: "Conceito Calvinista misturado com Armenianismo. Acreditam que “os escolhidos” vão entrar no céu, quer queiram, quer não, e também acreditam que podem perder a salvação. Também acreditam que só entrarão no céu se forem firmes e fieis, se forem batizados por um ministro da CCB, se pertencerem à CCB.
64ª heresia: "Prática do nepotismo, apresentada como revelação divina. Esta heresia é brutal e mostra como são mentirosos. Deus só revela parentes para o ministério? Famílias de uma santidade incrível! Para ser ancião só é preciso um sobrenome influente?
65ª heresia: "A prática da “gnose” em desprezo total às Escrituras Sagradas. Estão sempre em busca de “novas revelações”; acham-se “Apóstolos de um novo testamento”. “Criaram um novo evangelho”. 2º Co 11:4; Gl 1:6-8; Cl 1:23. Isto é anátema!
66ª heresia: "Impor doutrinas sem admitir questionamentos. Violência contra a liberdade de pensamento e de consciência. Evidência da prática do controle mental, conseguido pela prática de MENSAGENS SUBLIMINARES e ignorância do que a Bíblia ensina.
67ª heresia: "Nossos corpos ressuscitados serão iguais ao do Senhor Jesus. A Bíblia ensina que os nossos corpos serão semelhantes ao do Senhor bem como Ele se fez semelhantes a nós. Fl 2:7; He 2:17; 1º Jo 3:2.
68ª heresia: "A Bíblia é confusa e cheia de erros.Resultado da prática da “gnose” conhecimento espiritual exclusivamente por revelações. Não examinam as Escrituras. Acreditam por isso que a Bíblia é um livro comum. Leia 2º Ts 3:16 e o 1º Pto de Doutrina.
69ª heresia: "Tribunal de Exceção. Se você contrariar um ancião, será chamado a uma reunião onde o seu opositor será o juiz, acusador e algoz. Você será lançado no poço do inferno quer tenha razão quer não.
70ª heresia: "Ensinaram o povo a CONSULTAR ESPÍRITO ADIVINHANTE, AGOURAR E FAZER PROGNÓSTICOS – Por meio de linguagem subliminar ensinaram o povo a prognosticar a vida das pessoas e lançar sobre elas o MAU AGOURO. A Palavra de Deus ensina que ”Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te dá, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos; Entre ti não se achará quem ..., NEM PROGNOSTICADOR, nem AGOUREIRO, ...NEM QUEM CONSULTE UM ESPÍRITO ADIVINHANTE,...” “ (Dt 18:10-11)
71ª heresia: "Obrigar mediante coerção irresistível os membros do ministério a não viverem de acôrdo com os seus pensamentos e a sua consciência. Os ministros que se opõem a ensinamentos vindos da liderança são expulsos, desprezados e considerados ímpios, almas perdidas por todo o povo, já que toda a irmandade foi ensinada assim pelo método de "linguagem subliminar"
72ª heresia: "Funeral feito para o cadáver. A CCB não faz o funeral se o cadaver não for de um crente da CCB, "afinado"com as suas heréticas doutrinas. zvEsquecem que a Palavra é paraa consolação e salvação dos familiares do falecido.
Prof Abdias Barreto


"Ao único Deus sábio, Salvador nosso, seja glória e majestade, domínio e poder, agora, e para todo o sempre." (Jd 1:25.) 
 https://www.facebook.com/centro.apologetico 
 E-mail: abdiasbarreto@gmail.com 
 Whats-App - 85.98857-5757. 
 Cel - 85.99905-5757. 
 Prof. Abdias Barreto.

quinta-feira, 15 de junho de 2017

A IGREJA CATÓLICA ROMANA E MARIA

CATOLICISMO ROMANO E MARIA

"Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem" I Timóteo 2:5
O catolicismo Romano dá grande notoriedade a Maria, mãe do Senhor Jesus Cristo. A Palavra de Deus apresenta Maria como uma mulher simples, humilde e religiosa e se refere a ela apenas cinco vezes. Essa "serva do Senhor", como ela se autodenomina, tem sido tomada pelo Catolicismo e recebido lugar de divindade. Alguns dos muitos títulos que Maria tem recebido do Catolicismo são: Santa Mãe de Deus, Mãe de Nosso Criador, A Virgem mais Prudente, Porta do Céu, Conforto dos Aflitos, Rainha dos Anjos, Rainha de Todos os Santos e Rainha do Rosário.
Os católicos possuem imagens de Maria, beijam-nas, queimam incenso perante elas e, descobrindo suas cabeças, repetem orações especiais diante delas, ainda que Êxodo 20:4-5 diga, "Não fará para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te curvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso...".
O Catolicismo tem cinco grandes doutrinas em relação a Maria: Maria é a mãe de Deus, Maria nasceu de uma imaculada conceição, Maria é uma virgem perpétua, a assunção corpórea de Maria e Maria é a Mediadora e co-redentora.
Essas doutrinas são todas afirmadas em seu Catecismo para Adultos. Referindo-se a Maria, o Catecismo diz, "Ela é chamada e é a verdadeira Mãe de Deus: conseqüentemente é nossa mãe espiritual; teve uma concepção imaculada ! isenta do pecado original; foi virgem antes, durante e depois do nascimento de Cristo ... foi para o céu de corpo e alma; é a Mediadora universal e dispensária da graça". Nessa mensagem olharemos brevemente cada uma dessas cinco doutrinas católicas marianas e as compararemos com aquilo que a Palavra de Deus tem a dizer. Primeiro,
A CONCEPÇÃO IMACULADA DE MARIA
Quando o Catolicismo fala da Imaculada Conceição, quer dizer que Maria foi miraculosamente concebida por sua mãe e veio a esse mundo sem a mácula do pecado original e, como resultado dessa miraculosa conceição, nunca cometeu pecado durante sua vida terrena.
Catecismo de Baltimore, Confraternity Edition, diz, na questão #62, "A Abençoada Virgem Maria foi preservada do pecado original pelo mérito do seu Filho Divino; e esse privilégio faz com que ela seja chamada de Imaculada Conceição ... Nossa Mãe Abençoada, em toda sua vida, foi livre de todo pecado...".
Essa doutrina não foi oficialmente aceita pela Igreja Católica até ser declarada ex cathedra pelo Papa Pio IX, em 1954. A Imaculada Conceição de Maria é pura invenção do Catolicismo. Nenhum versículo das Escrituras relata que Maria foi concebida sem pecado!
A Palavra de Deus afirma repetidamente que todos os homens são pecadores, incluindo Maria. Romanos 3:23 diz, "... todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus". Não diz todos, menos Maria! Romanos 3:10: "não há nenhum justo, nem um sequer". Romanos 3:12, "Não há nenhum que faça o bem, não há nem um só". Eclesiastes 7:20, "...não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque". Em Lucas 1:47, a própria Maria fala de Cristo como "meu Salvador", e somente pecadores necessitam de um Salvador. Lucas 2:22-24 conta-nos que Maria e José deram no Templo a oferta segundo a lei pelos seus pecados depois dos dias de purificação. De acordo com a Palavra de Deus, Maria foi uma simples pecadora salva pela graça e, se foi pecadora que necessitou de um Salvador, nenhum cristão deveria orar para ela! A segunda doutrina católica mariana é que
MARIA É A MÃE DE DEUS
O Catolicismo, algumas vezes, refere-se a Maria como o "Sustentadora de Deus" e freqüentemente a chama de Mãe de Deus. O Catecismo para Adultos, de James Albimore, diz, "A Virgem Maria ... é reconhecida e honrada como sendo verdadeiramente a Mãe de Deus e Mãe dos Remidos".
No entanto, de acordo com a Palavra de Deus, Maria não é, de forma alguma, a Mãe de Deus! Como pode um Deus infinito e eterno, ter uma mãe? Maria foi uma criatura e não a mãe do Deus Todo Poderoso! Seria ilógico haver uma criatura que tivesse a habilidade de ser a Mãe de seu Criador! Quem surgiu primeiro? Deus ou Maria? Se Deus surgiu primeiro, então, como Maria pode ser sua Mãe? Deus não tem mãe! Ele é o Rei, eterno, imortal, invisível, como diz I Timóteo 1:17.
Jesus Cristo é, ao mesmo tempo, humano e divino. Maria não foi mãe da divindade de cristo, mas de sua humanidadeDeus é o pai da divindade de Cristo. As Escrituras chamam Maria de "a mãe de Jesus", mas, nunca, "a Mãe de Deus". O fato é que "a mãe de Jesus" é o único título que a Palavra de Deus realmente atribui a Maria!
O Senhor Jesus nunca pregou que Maria era a Mãe de Deus ou que Sua mãe não fosse pecadora e nenhum escritor bíblico deixou alguma afirmação na Bíblia de que ela não tivesse pecado. Adicionalmente, é fato que, na Palavra de Deus, o Senhor Jesus nunca chamou Maria de "mãe". Ele a chamou de "mulher", mas não "mãe". É nada menos do que uma blasfêmia deificar Maria como a Mãe de Deus. A terceira doutrina católica mariana afirma que
MARIA É UMA VIRGEM PERPÉTUA
Eles ensinam que Maria permaneceu virgem por toda sua vida. O Catecismo da Igreja Católica, de 1994, diz, acerca da questão #510, "Maria permaneceu virgem concebendo seu Filho, dando-lhe a luz, carregando-o e nutrindo-o em seu peito, sempre uma virgem".
Essa doutrina é pura invenção do Catolicismo! Não há nenhum vestígio dela no Novo Testamento. Mas, ao contrário! A Palavra de Deus afirma claramente que Maria teve outros filhos além de Jesus Cristo, seu primogênito. Em Mateus 13:55-56, as Escrituras contam-nos que Maria teve outros quatro filhos homens e pelo menos duas filhas. "Não é este o filho do carpinteiro? E não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago e José, e Simão, e Judas? E não estão entre nós todas as suas irmãs?".
A quarta doutrina católica sobre Maria é
A ASSUNÇÃO DE MARIA
Essa doutrina reivindica que o corpo de Maria não entrou em corrupção no túmulo, mas foi ressurrecto, unindo-se a sua alma e indo diretamente ao céu três dias depois da sua morte. O Papa Pio XII declarou ex cathedra, em 1950, "Pronunciamos, declaramos e definimos ser um dogma revelado por Deus que a Imaculada Mãe de Deus, Maria, sempre virgem, no fim do seu percurso sobre a terra foi para o céu de corpo e alma". O Manual de Teologia Católica, volume 2, diz, "a assunção corporal de Maria no céu está tão perfeitamente implicada na noção da sua personalidade dada pela Bíblia e no dogma que a Igreja não precisa conferir com estrita evidência histórica do fato".
A Bíblia, no entanto, não diz a mínima coisa sobre a personalidade de Maria nem nada sobre sua morte, seu enterro ou sua ascensão! É incrível que milhões de pessoas digam acreditar na assunção de Maria sem que haja alguma evidência bíblica ou histórica disso!
Essa doutrina ainda inclui a reivindicação de que em sua assunção Deus lhe deu o título de Rainha de Todos as Coisas. O Catecismo da Igreja Católica, de 1994, diz, na questão #966, "Finalmente a Virgem Imaculada, preservada livre de todo pecado e da mancha do pecado original, no encerramento do curso de sua vida terrena, teve corpo e alma arrebatados para a glória do céu e foi exaltada pelo Senhor como Rainha de todas as coisas". Porém, a Palavra de Deus nunca se refere a Maria como Rainha de nada! O céu não tem Rainha! É um Rei quem reina lá! Outra doutrina ensinada sobre Maria diz que
MARIA É A MEDIADORA E CO-REDENTORA
Mediadora é simplesmente o feminino de Mediador. O Catolicismo ensina que Maria, assim como o Senhor Jesus Cristo, é um Mediador entre Deus e o homem. O Catecismo da Igreja Católica, de 1994, diz, na questão #969 "... A Abençoada Virgem é invocada na Igreja como Advogada, Ajudadora, Benfeitora e Mediadora". O Catecismo para Adultos diz: "assim como temos um Mediador diante do Pai, que é Jesus Cristo, também temos uma Mediadora diante do Filho: A Santíssima Maria".
O Catolicismo acredita que toda a graça de Deus vem ao homem através de Maria. Mais uma vez, o Catecismo para Adulto diz: "A graça concedida ao homem compreende três passos sucessivos: Deus a comunica a Cristo, de Cristo ela passa à Virgem e, através da Virgem, chega a nós".
Uma oração Católica chamada "The Litany of Loretto", encontrada numa versão de bolso, publicada pelos Irmãos Benziger, inclui a seguinte referência sobre a suposta obra de Maria:
Santa Maria, orai por nós.
Santa Mãe de Deus, orai por nós.
Santa Virgem entre as virgens, orai por nós.
Mãe da divina graça, orai por nós.
Mãe imaculada, orai por nós.
Mãe de nosso Criador, orai por nós.
Virgem mais venerável, orai por nós.
Porta do céu, orai por nós.
Refúgio dos pecadores, orai por nós.
Conforto dos aflitos, orai por nós.
Rainha dos Anjos, orai por nós.
Rainha concebida sem pecado original, orai por nos.
Rainha do santíssimo rosário, orai por nós.
A oração mais famosa endereçada a Maria é a Ave Maria ou Salve Rainha! O Catolicismo ensina que é mais fácil vir a Maria do que ao próprio Cristo. O Cardeal Tiago Gibbons, em seu livro A Fé de Nossos Pais, disse, "... quão irresistível é a intercessão de Maria, que nunca ofendeu o Deus Todo Poderoso com pecado ...". Alphonsus Liguori, uma das maiores autoridades da lei canônica católica romana, diz, na página 248 das Glorias de Maria, que "freqüentemente obtemos mais prontamente o que pedimos rogando pelo nome de Maria do que invocando o nome de Jesus".
Entretanto, Maria não é a Mediadora ou Mediador de forma alguma! Não há nenhum versículo em toda a Palavra de Deus que nos informe que Maria intercede com Cristo em nosso favor! Ao contrário, a Palavra de Deus diz que Cristo é o único Mediador entre Deus e o homem. I Timóteo 2:5 diz, "há um só Deus, um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem". I João 2:1 diz que Jesus Cristo, não Maria, é nosso Advogado para com o Pai. "Se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo...". Hebreus 7:25 diz, sobre Jesus, "Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por Ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles". Hebreus 9:15 diz, "E por isso [Cristo] é o Mediador de um novo testamento". Hebreus 9:24 diz, "Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus". Hebreus 4:15 diz que Cristo é nosso grande Mediador que foi tentado como nós e por isso nos compreende e nos sustenta em nossa fraqueza. "Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas franquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado". Efésios 3:12 diz, "No qual [Cristo] temos acesso com ousadia e confiança, pela nossa fé nEle".
Nas Escrituras nem Cristo nem alguma outra pessoa nunca disse ao povo que orasse para Maria! Na Palavra de Deus, Maria nunca convida ninguém a orar para ela ou adorá-la. As Escrituras não nos ensinam a orar para Maria ou ao santos ou algum outro senão a Deus apenas! Em Mateus 6:9, o Senhor Jesus diz, "Portanto, vós orareis assim: "Pai nosso, que estás nos céus...". Romanos 10:13 diz, "Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo".
Ao chamar Maria de co-redentora, o Catolicismo quer dizer que ela é um redentor feminino que está envolvido, juntamente com Jesus Cristo, na redenção dos pecadores. Este ensino quase estabelece Maria como uma verdadeira divindade. O Papa atual vem tentando declarar Maria oficialmente como Co-Redentora com Cristo.
A revista Newsweek, de 25 de agosto de 1997, cita esse Papa, dizendo, "Tendo criado o homem, macho e fêmea, o Senhor também quer colocar a nova Eva ao lado do novo Adão na Redenção ... Maria, a nova Eva, portanto torna-se um perfeito ícone da Igreja. Podemos conseqüentemente voltar-nos à Virgem Abençoada com confiança, implorando sua ajuda, cientes do papel singular que lhe foi confiado por Deus, o papel de co-operadora na Redenção...". Madre Teresa de Calcutá e o Cardeal John O?Conner, de Nova York, foram ambos artífices nesse percurso, para declarar Maria como sendo oficialmente Co-Redentora com Cristo. O autor do artigo acima mencionado da Newsweek disse perfeitamente que uma mudança desse tipo dar-nos-ia um Santíssimo Quarteto ao invés de uma Santíssima Trindade.
Mas a Igreja Católica já ensina que Maria participa na redenção alcançada pelo seu Filho. O Catolicismo para Adulto diz, "Maria foi ... cooperadora com Cristo na obra da redenção, portanto ela é nossa Co-Redentora...". O Catecismo da Igreja Católica, de 1994, diz na questão #1172, "Ela (Maria) está inseparavelmente ligada à obra da salvação de seu Filho". Na questão #968 esse mesmo Catecismo diz, "Sendo obediente, ela se (Maria) tornou a causa da salvação de si mesma e de toda a raça humana".
Uma declaração chamada Sobre a Igreja, publicada pelo 2º Conselho do Vaticano, diz, falando sobre Maria, "de maneira singular, ela cooperou pela sua obediência, fé, esperança e fervorosa caridade no trabalho do Salvador de restaurar a vida sobrenatural às almas". Em uma obra chamada Devoção à Mãe dos Aflitos, questionada pelo Convento Beneditino, em Clyde, Missouri, encontramos a seguinte citação, em relação a essa questão: "É por conta da excessiva tristeza e sofrimento que Maria suportou que ela merece nossa compaixão e grande estima ... Maria, de boa vontade, ofereceu seu Filho para nossa salvação: Sim, o sacrifício junto dEle foi tão grande que São Afonso diz, sobre isso, !os dois penduraram numa mesma cruz?".
Ligouri diz, nas Glórias de Maria, que "falha e se perde quem não se refugia em Maria", e, "Maria é chamada ... a porta do céu porque ninguém pode entrar naquele reino abençoado sem passar por ela". Aqui também são relevantes as palavras descritas pelos rituais Católicos para serem ditas na morte: "Maria, Mãe da graça, Mãe de misericórdia, protege-nos do inimigo, e me recebe na hora da morte".
A Palavra de Deus não diz absolutamente nada sobre Maria ter algum papel na salvação. De acordo com a Palavra de Deus, Maria não tem nada a fazer pela salvação da alma de ninguém. Há só um meio para ser salvo e é através do nosso Senhor Jesus Cristo! "Eu sou o caminho, e a verdade e a vida", diz Jesus, em João 14:6. "Ninguém vem ao Pai, senão por mim". "E em nenhum outro há salvação", diz Pedro, em Atos 4:12, "porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos". "Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á", diz o Senhor Jesus, em João 10:9.
CONCLUSÃO
Como foi visto, as cinco doutrinas Católicas sobre Maria são: Maria é a Mãe de Deus, Maria teve uma concepção imaculada, Maria é uma virgem perpétua, Maria foi assumida ou tomada corporalmente no céu pouco depois de sua morte e Maria é Mediadora e Co-Redentora. Nenhuma dessas doutrinas Católicas sobre Maria se encontra na Palavra de Deus. Nenhuma!
O Novo Dicionário Universitário Webster define Mariolatria como adoração da Virgem Maria. A Mariolatria Católica é absolutamente não-bíblica, ainda que ela seja a pessoa mais adorada na Religião Católica. O Catoliciamo rebaixa Cristo e exalta Maria por dá-lhe um lugar que só pertence a Jesus Cristo. Na verdade, o Catolicismo é muito mais a religião de Maria do que a religião de Jesus Cristo.
O Papa João Paulo II asseverou que Maria, na forma de nossa senhora de Fátima, salvou sua vida durante um atentado, em 1981. O lema do papa João Paulo faz referência a Maria. Totus tuus ou literalmente totalmente vossaNão totalmente de Cristo, mas totalmente de Maria!
Certa ocasião o Senhor Jesus Cristo corrigiu uma mulher que tentou exaltar a sua mãe. Lucas 11:27-28 diz, "E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamasteMas ele disse: Antes (em vez disso) bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam".
A mensagem do evangelho não é: Adore Maria, mas é: Adore Cristo! Mateus 4:10 diz, "Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a Ele servirás". Deus é zeloso e não aceita a adoração de outra criatura, ainda que seja a mãe de Jesus Cristo.
Na Palavra de Deus, nunca alguém adorou Maria. Orar ou adorar Maria é fazer o que Romanos 1:12 condena como uma evidência da depravação do homem: adorando e servindo a criatura mais do que o Criador. Em Filipenses 2:9-10 a Palavra de Deus nos diz quem se deve adorar quando, falando de Cristo, "Por isso, também Deus O exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra". A mensagem do evangelho não é: Vem a Maria, mas: Vem a Cristo!
Catecismo para Adultos, do Catolicismo, diz: "No perigo, nos problemas, na dúvida, pense em Maria, chame por ela. Não a deixe afastar-se do seu coração ... seguindo-a você não vai desviar-se do caminho; orando para ela, você não perde as esperanças; pensando nela, você não se engana. Se ela te sustenta, você não cai; se ela te protege, você não tem do que temer ... se ela é benigna para com você, você alcançará seus objetivos...".
Porém, o que diz o Senhor Jesus? "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei". Veja-se Mateus 11:28. Permitem nossos amigos Católicos lerem a Palavra de Deus. Nela, encontrarão vida, compaixão, redenção, a salvação de Cristo, mas muito pouco sobre Maria. Amigo pecador, o Catolicismo te desviará dAquele que está pronto para te salvar e suprir cada uma das suas necessidades. Desvie-se do Catolicismo e venha a Cristo hoje!
http://www.palavraprudente.com.br


"Ao único Deus sábio, Salvador nosso, seja glória e majestade, domínio e poder, agora, e para todo o sempre." (Jd 1:25.) 
 https://www.facebook.com/centro.apologetico 
E-mail: abdiasbarreto@gmail.com 
Whats-App - 85.98857-5757. 
Cel - 85.99905-5757. 
Prof. Abdias Barreto.

MARIA É REALMENTE IMACULADA (Sem Pecado)

CONHECENDO MELHOR O Catolicismo Romano
MARIA É REALMENTE IMACULADA - (Sem Pecado) 
Se Era Porque Necessitaria ela de um Salvador?
Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor,
E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador;
Porque atentou na baixeza de sua serva. Lc 1:46-48

Quando o Catolicismo fala da Imaculada Conceição, quer dizer que Maria foi miraculosamente concebida por sua mãe e veio a esse mundo sem a mácula do pecado original e, como resultado dessa miraculosa conceição, nunca cometeu pecado durante sua vida terrena.

O Catecismo de Baltimore, Confraternity Edition, diz, na questão #62, "A Abençoada Virgem Maria foi preservada do pecado original pelo mérito do seu Filho Divino; e esse privilégio faz com que ela seja chamada de Imaculada Conceição ... Nossa Mãe Abençoada, em toda sua vida, foi livre de todo pecado...".
Essa doutrina não foi oficialmente aceita pela Igreja Católica até ser declarada ex cathe
dra pelo Papa Pio IX, em 1954. A Imaculada Conceição de Maria é pura invenção do Catolicismo. Nenhum versículo das Escrituras relata que Maria foi concebida sem pecado!
A Palavra de Deus afirma repetidamente que todos os homens são pecadores, incluindo Maria. Romanos 3:23 diz, "... todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus". Não diz todos, menos Maria! Romanos 3:10: "não há nenhum justo, nem um sequer". Romanos 3:12, "Não há nenhum que faça o bem, não há nem um só". Eclesiastes 7:20, "...não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque". Em Lucas 1:47, a própria Maria fala de Cristo como "meu Salvador", e somente pecadores necessitam de um Salvador. Lucas 2:22-24 conta-nos que Maria e José deram no Templo a oferta segundo a lei pelos seus pecados depois dos dias de purificação. De acordo com a Palavra de Deus, Maria foi uma simples pecadora salva pela graça e, se foi pecadora que necessitou de um Salvador, nenhum cristão deveria orar para ela! 


"Ao único Deus sábio, Salvador nosso, seja glória e majestade, domínio e poder, agora, e para todo o sempre." (Jd 1:25.) 
 https://www.facebook.com/centro.apologetico 
E-mail: abdiasbarreto@gmail.com 
Whats-App - 85.98857-5757. 
Cel - 85.99905-5757. 
Prof. Abdias Barreto.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

REFUTANDO AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ NA EVANGELIZAÇÃO

PERGUNTAS A FAZER ÀS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ DURANTE A EVANGELIZAÇÃO
Para se preparar para se tornar uma testemunha eficaz para as Testemunhas de Jeová, temos um breve resumo (abaixo) de cada um dos principais pontos doutrinais que surgem quando se “estuda” com elas. Mesmo se você decidir não permitir que elas usem as suas publicações no seu estudo, é importante que esteja preparado para fazer as seguintes perguntas quando esses temas surgirem, porque eles vão ser levantados em algum momento das suas discussões com elas, se estudarem muito tempo consigo. Após cada uma das perguntas sugeridas que listamos abaixo, nós fornecemos links adicionais para artigos relevantes no nosso site que você pode ler para saber mais sobre cada tópico.
Cada vez que vocês se reunirem, sugerimos que você faça apenas uma ou duas das séries de perguntas abaixo, porque você não quer fazê-las sentir como se estivesse discutindo e debatendo com elas. Se você mantiver apenas algumas perguntas que elas não são capazes de responder em cada sessão, estas questões irão permanecer em suas mentes muito mais tempo do que aconteceria se você as bombardeasse com um monte de perguntas de uma só vez. 
Uma palavra de cautela, quando você se envolver num diálogo com as Testemunhas de Jeová: Mantenha-se no tema que você ou que elas trazem para a mesa de discussão. É comum as Testemunhas de Jeová tentarem distrair o seu “aluno” (você) com textos não relacionados e argumentos, numa tentativa de manter uma margem de superioridade sobre você, quando lher colocar uma pergunta que não sabem responder. Se permitir que elas o ponham fora do caminho, você pode facilmente ficar frustrado. Então, não deixe que elas mudem de assunto quando você fizer uma pergunta que não sabem responder. Nem você deve tentar desviá-las de um tema que queiram discutir consigo, por trazer um argumento ou questão que é irrelevante para o tema a ser discutido. 
Por exemplo, se elas estão discutindo a sua crença de que a terra um dia vai se tornar um paraíso, pode ser fácil desviá-las, por trazer a lume as falsas profecias da organização Torre de Vigia e esperar que elas mudem de assunto, discutindo consigo sobre o porquê de elas acreditarem que a Torre de Vigia é ainda a organização de Deus, apesar de seus últimos fracassos proféticos. Resista a essa tentação! Alterar temas como este a partir do que elas querem discutir consigo é o caminho mais rápido para convencê-las de que você não está realmente interessado em ouvir a sua mensagem. Um melhor modo de lidar com um tema como este é  compartilhar que você tem algumas “questões” sobre os “rumores” que já ouviu sobre a “falsa profecia” na história da Torre de Vigia e está-se perguntando, se seria certo discutir este tema na semana seguinte. Se elas concordarem, a porta está aberta para uma discussão cordial. 
É desta forma que os dois lados mostram respeito um pelo outro. Se você espera que as Testemunhas de Jeová o ouçam sem interrupção, tem que mostrar a mesma cortesia e respeito ao ouvi-las também. Mais uma vez, se elas trouxerem um tópico sobre o qual você não sabe muito e se sente despreparado para discutir, você pode sempre perguntar se elas iriam permitir-lhe tempo para a pesquisa deste tópico e discuti-lo na semana seguinte.


1.  DEUS TEM UM NOME. - O nome de Deus é escrito הוהYי (YHWH) nas cartas hebraicas e traduzido por “Jeová” na Tradução do Novo Mundo da Bíblia das Testemunhas de Jeová.
NO SEU exemplar da Bíblia, como é traduzido o Salmo 83:18? A Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas traduz este texto da seguinte forma: ‘Para que as pessoas saibam que tu, cujo nome é Jeová, somente tu és o Altíssimo sobre toda a terra.’ … muitas traduções deixam de fora o nome Jeová, substituindo-o por títulos como “Senhor” ou “Eterno”. O que deve ser usado nesse versículo? Um título ou o nome Jeová? …Ao substituírem o nome de Deus por títulos, os tradutores da Bíblia cometem um erro grave. Eles fazem com que Deus pareça distante e impessoal. …se as pessoas não sabem o nome de Deus, Jeová, como podem realmente achegar-se a ele?” —O Que A Bíblia Realmente Ensina?, 2005, págs. 195-196
  • PERGUNTE: “Se é tão importante que as pessoas leiam o nome de Deus na Bíblia, a fim de ter uma relação “próxima” com Deus, por que Deus escolheu NÃO revelar o Seu nome a Abraão, Isaque e Jacó? (Êxodo 6:2-3) Se estes homens piedosos podiam conhecer a Deus apenas por chamá-lo “Deus Todo-Poderoso”, por que nós não podemos? Como se sentiria se seus filhos começassem a chamar você pelo seu primeiro nome, em vez de chamá-lo ‘Pai’ (ou ‘Mãe’)? Será que você não perguntaria por que eles o estavam tratando de forma tão impessoal, chamando-o pelo seu nome formal? Como os cristãos são chamados de  filhos ‘adotados’ de Deus (Gálatas 4:5-7), pode ver porque Jesus ensinou os seus seguidores a orar ‘Pai Nosso’ em vez de orar ‘Nosso Jeová’ (Mateus 6:9)?
    • SERÁ QUE OS PRIMITIVOS CRISTÃOS TRATAVAM  DEUS PELO SEU NOME PESSOAL?
2. A BÍBLIA É UM GUIA CONFIÁVEL PARA A VIDA. – É científica e historicamente precisa e confiável, e seus princípios se aplicam a todas as pessoas.
“Visto que a Bíblia é inspirada por Deus, ela é “proveitosa para ensinar, para repreender, para endireitar as coisas”. (2 Timóteo 3:16) …Os princípios bíblicos se aplicam a todos, e seus conselhos são sempre benéficos.” — O Que A Bíblia Realmente Ensina?, págs. 21, 23
  • PERGUNTE: “Eu posso dizer que você tem muito respeito pelos princípios da Bíblia, assim como eu. No entanto, eu estou me perguntando: Como Testemunha de Jeová é-lhe permitido acreditar na Bíblia, quando ela discorda de algo que você lê na Torre de Vigia? Por exemplo, eu ouvi dizer que as Testemunhas de Jeová não acreditam que Jesus ressuscitou o Seu corpo físico humano, mesmo quando a Bíblia diz que Jesus prometeu “levantar” o “corpo” que os judeus destruíram? (João 2:18-22) Como Testemunha de Jeová, você está obrigado a acreditar nos ensinamentos falsos da Torre de Vigia, como este, que não concordam com a Bíblia? Ou vocês estão autorizados a deixar a Bíblia ensinar-lhes a verdade?”
    • RESSUSCITOU JESUS COMO MIGUEL O ARCANJO?
3. O PROPÓSITO DE DEUS PARA A TERRA É TORNÁ-LA NUM PARAÍSO.
“O PROPÓSITO de Deus para a Terra é realmente maravilhoso. …o propósito de Deus era que os humanos tivessem filhos, estendessem os limites daquele lar paradisíaco a toda a Terra e cuidassem dos animais. …Deus com certeza cumprirá seu propósito! …‘A Bíblia responde: “Os próprios justos possuirão a terra e residirão sobre ela para todo o sempre.’ — Salmo 37:29; Revelação (Apocalipse) 21:3, 4 …Usando mentiras e trapaças, Satanás, o Diabo, fez com que Adão e Eva desobedecessem a Deus. (Gênesis 2:17; 3:6) Em resultado disso, por fim eles morreram… A Bíblia revela que se aproxima o dia em que este mundo mau será destruído no Armagedom, a guerra de Deus. Isso abrirá o caminho para um novo mundo justo. …Jesus prometeu que, no futuro novo mundo, os aprovados por Deus receberão a dádiva da “vida eterna”. (Marcos 10:30) …Jesus se referia ao futuro Paraíso na Terra quando prometeu ao malfeitor que morreu ao seu lado: “Estarás comigo no Paraíso.” (Lucas 23:43) O Que A Bíblia Realmente Ensina?, págs. 27-29, 32-33, 36
  • PERGUNTE: “Se o “paraíso” é algo que vai acontecer com a Terra no futuro, como foi o apóstolo Paulo capaz de ir para o “paraíso” no “terceiro céu”? (2 Coríntios 12:2-4) Como poderia o malfeitor que morreu ao lado de Jesus estar “com” Jesus no “paraíso” se o malfeitor estará na terra e Jesus estará no céu? Não indicam as Escrituras que Deus está planejando fazer no céu, o lugar do “paraíso” em vez de na terra?” (Lucas 23:43)
    • ONDE É O PARAÍSO?
  • PERGUNTE: “Concordo que se Adão e Eva não tivessem pecado, eles teriam vivido sempre no paraíso terrestre que Deus havia criado para eles. Não havia esperança celestial naquele momento, porque Jesus não preparara um lugar no céu para os Seus seguidores habitarem, até DEPOIS de ter sido ressuscitado. (João 14:2-3). No entanto, uma vez que Deus nos prometeu um “novo céu” e uma “nova terra” (2 Pedro 3:7, 10-13), por que Ele faria dois lugares para nós usufruirmos se estaríamos presos a viver na terra e não poderíamos ir para o céu? Não era Jesus capaz de ir e vir entre o céu e a terra no Seu corpo ressuscitado? (Atos 1:9-11) Visto que seremos ressuscitados com um corpo semelhante ao corpo de Cristo (Filipenses 3:20-21), por que não seremos capazes de viajar entre o novo céu e a nova terra, uma vez que somos ressuscitados com os nossos novos corpos?” 
    • SERÁ QUE JESUS RESSUSCITOU DA MORTE NUM CORPO ESPIRITUAL INVISÍVEL? – Analisando a visão da ressurreição da Torre de Vigia
  • PERGUNTE: “Como é que as Testemunhas de Jeová limparão a terra depois da guerra de Deus do Armagedom? O livro bíblico de Revelação descreve que o juízo de Deus resultará em metade da população da Terra (3 bilhões de pessoas) mortas (Revelação 6:8; 9:15-18). Será que as Testemunhas de Jeová têm de testemunhar a carne sangrenta dessas pessoas apodrecendo e sendo comida por aves e animais selvagens e depois trabalhar para enterrar os ossos desses 3 bilhões de pessoas? A Bíblia diz que o céu vai desaparecer e todas as montanhas e ilhas serão completamente destruídas através de grandes terremotos (Revelação 6:14; 16:19-20) e pedras de granizo, pesando de 27-45 kg cada. (Revelação 16:21) Como é que as Testemunhas de Jeová farão a reconstrução de estradas e casas sem as pesadas máquinas, serrações e equipamentos de cimento que serão destruídos por essas pragas? Onde elas vão buscar a madeira para construir casas, visto que saraiva e fogo misturado com sangue, queimará um terço das árvores e relva verde (Apocalipse 8:7)? Como elas vão cortar as árvores remanescentes e transportar essa madeira sem estradas e equipamentos pesados​​? Onde é que as Testemunhas de Jeová obterão água limpa para beber, uma vez que os rios, nascentes e 1/3 dos oceanos serão transformados em sangue? (Apocalipse 8:8-11; 16:4) Como elas vão usar a água poluída para limpar as criaturas marinhas mortas e navios que foram destruídos pelo julgamento? (Apocalipse 8:8-9) Isso parece centenas de anos de trabalho muito difícil e stress! Isso soa a um “paraíso” para você?
    • COMO SERÁ SOBREVIVER AO FIM?
  • PERGUNTE: O que as Testemunhas de Jeová acreditam que eu tenho que fazer para ser salvo e ter a certeza da vida eterna? Se eu sobreviver à batalha do Armagedom, eu sou salvo? Visto que eu não vou ser “perfeito” até ao fim do reinado de 1.000 anos de Cristo, que garantia tenho eu, que não vou falhar e perder a minha salvação, em algum momento durante este tempo? Mesmo que eu, finalmente, me torne perfeito até ao fim do reinado de mil anos de Cristo, como posso ter certeza de que vou passar no teste final de Satanás, se Adão não foi capaz de fazê-lo e ele era perfeito?”
    • GUIANDO AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ A JESUS — OITO PERGUNTAS SOBRE COMO TER A CERTEZA DA SALVAÇÃO
4. QUEM É JESUS CRISTO? - Sendo o primeiro “Filho” criado por Jeová, Jesus não é igual a Deus.
“Jesus é o Filho mais precioso de Jeová… Ele é chamado de “primogênito de toda a criação”, pois foi a primeira criação de Deus. (Colossenses 1:15)  …Jesus é o único criado diretamente por Deus. Ele é também o único por meio de quem Deus criou todas as outras coisas. (Colossenses 1:16) …Será que o Filho primogênito é igual a Deus, como alguns crêem? Não é isso o que a Bíblia ensina. …de acordo com a doutrina da Trindade, o Pai é Deus, o Filho é Deus e o Espírito Santo é Deus, mas, mesmo assim, há um só Deus. …Veja o que foi escrito por Mateus, …ele citou as palavras de Jesus: “Acerca daquele dia e daquela hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente o Pai.” (Mateus 24:36) …Jesus disse que o Pai sabia mais do que o Filho. …Ainda assim, alguns dirão: ‘Jesus tinha duas naturezas. Aqui ele falava como humano.’ Mas, mesmo que isso fosse assim, que dizer do espírito santo? Se o espírito santo e o Pai são parte do mesmo Deus, por que Jesus não disse que o espírito santo sabia o que o Pai sabia?” —O Que A Bíblia Realmente Ensina?, págs. 41, 201, 204
  • PERGUNTE: “Embora eu concorde que Jesus não é a mesma “pessoa” que o Pai, como podemos ver nas Escrituras que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são distintos uns dos outros (Mateus 3:16-17), e operam com as suas próprias mentes separadas, (1 Coríntios 2:11, 16; Romanos 8:27) vontades, (Mateus 11:27; 26:39; 1 Coríntios 12:11) e emoções. (Sofonias 3:17, João 11:35, Efésios 4:30) No entanto, a Bíblia é clara de que há apenas “um” Deus verdadeiro. (João 17:3, Isaías 43:10-11, 44:6, 8; 46:9; 48:12) Se Jesus é um “deus” menor criado por Jeová, o Deus Todo-Poderoso, é Jesus o “Verdadeiro Deus” (João 1:1; 20:28, 1 João 5:20) ou um falso “deus” semelhante a Satanás? (2 Coríntios 4:4) Se Jesus é um falso “deus”, como Ele pode salvar alguém? É um “filho” de um ser humano, menos humano do que o seu pai? Se um “filho” de um ser humano é tão humano como o seu pai, como pode Jesus como “filho” de Deus ser menos “Deus” do que o seu pai é? Você pode ver por que os judeus acusaram Jesus de blasfêmia, ao dizer ser “igual” a Deus, quando Ele afirmou ser o “Filho de Deus”? (João 5:18; 19:7)” 2. 
    • COMO DISCUTIR A DIVINDADE DE JESUS CRISTO COM AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
  • PERGUNTE: “Se Jeová criou Jesus e usou Jesus para criar tudo o mais, como poderia Jeová dizer em Isaías 44:24: “Eu, Jeová, faço tudo, estendendo os céus por mim mesmo, estirando a terra. Quem estava comigo?” “Se ninguém estava ‘com’ Jeová, quando Ele criou o mundo, como Jesus poderia ser um “deus” criado que trabalhou “com” Jeová? Jeová anuncia em Isaías 43:10: “Vós sois as minhas testemunhas”, é a pronunciação de Jeová, “sim, meu servo a quem escolhi, para que saibais e tenhais fé em mim, e para que entendais que eu sou o Mesmo. Antes de mim não foi formado nenhum Deus e depois de mim continuou a não haver nenhum’” Se nenhum ‘Deus’ foi ‘formado’ depois de Jeová, como Jesus poderia ser ‘um deus’ criado ‘depois’ de Jeová? Por que a Bíblia chama Jesus de “Pai da Eternidade”, em Isaías 9:6, se Jesus não o é? Como poderia Jesus dar a vida eterna a Seus seguidores, se Ele é criado e não possui a eternidade (João 10:28)? 
    • COMO PROVAR A DIVINDADE DE JESUS CRISTO ÀS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
  • PERGUNTE: “É verdade que quando Jesus estava na terra, o Pai estava numa ‘maior’ posição (João 14:28), porque Jesus operava sob as limitações da sua humanidade, (Filipenses 2:5-9) de modo que nem sempre ‘sabia’ tudo o que o Pai sabia, como o dia ou a hora do Seu retorno. (Mateus 24:36) No entanto, em sua natureza de Deus, a Bíblia proclama que Jesus “sabe todas as coisas” (João 16:30). Se o Espírito Santo não é uma pessoa, mas é apenas a “força ativa” de Deus, como as Testemunhas de Jeová acreditam, por que Jesus é obrigado a mencionar o que Espírito Santo e o Pai “sabem” ou não sabem, em Mateus 24:36? Se o Espírito Santo é só a “força” de Deus, como poderia ‘ele’ “conhecer” alguma coisa? Mas se a crença das Testemunhas de Jeová de que o Espírito Santo é uma “força” é incorreta, o que você aceitaria como prova de que o Espírito Santo é uma pessoa que “sabe” tudo o que o Pai sabe? Você aceitaria 1 Coríntios 2:11: “…ninguém veio a saber as coisas de Deus, exceto o espírito de Deus.’ Se o Espírito Santo ‘sabe as coisas de Deus’, como pode ele não saber tudo o que o Pai sabe?
    • SIM! VOCÊ DEVE ACREDITAR NA TRINDADE! — As respostas página-a-página para a brochura da Sociedade Torre de Vigia de 1986: “Deve-se Crer na Trindade?”
5: A DÁDIVA DO SACRIFÍCIO DE RESGATE DE CRISTO
Como poderia um único homem servir de resgate para muitos, na realidade, bilhões de seres humanos…Lembre-se: por ter pecado, Adão perdeu a preciosa posse da vida humana perfeita. Assim, ele não podia transmiti-la a seus descendentes. A única coisa que podia transmitir era o pecado e a morte. Jesus, a quem a Bíblia chama de “último Adão”, tinha uma vida humana perfeita e jamais pecou. (1 Coríntios 15:45) …Por sacrificar sua vida perfeita, ou abrir mão dela, em obediência impecável a Deus, Jesus pagou o preço do pecado de Adão. …por meio do sacrifício de resgate de Jesus, podemos receber “o perdão dos nossos pecados”. (Colossenses 1:13, 14) Para merecer esse perdão, no entanto, temos de mostrar sincero arrependimento. Temos também de rogar humildemente a Jeová, pedindo seu perdão à base de nossa fé no sacrifício de resgate de seu Filho. — 1 João 1:8, 9.” —O Que A Biblia Realmente Ensina?, págs. 50-51, 53
  • PERGUNTE: “Se podemos receber o perdão dos pecados através do resgate, isso significa que você acredita que Jesus morreu, não apenas para pagar o pecado de Adão e a natureza do pecado que herdamos dele, mas também para cada um de nossos próprios pecados, como as vezes em que mentimos, roubamos, enganámos, ou cobiçámos algo que alguém possui? (1 Pedro 2:24) Visto que Jesus pagou por todos os nossos pecados, que pecado poderíamos fazer que Ele não tivesse pago de modo a que nos levasse a perder o dom da “vida eterna”? (João 10:28) Em João 5:39-40, o que Jesus diz que devemos fazer para ter os nossos pecados perdoados e receber a vida eterna? “Veio” você  a Jesus, orando a Ele por perdão e pelo dom da vida eterna?
    • CINCO PERGUNTAS QUE APRESENTAM O EVANGELHO E GUIAM AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ A JESUS
      http://www.4witness.org/jwquestions/jw_qto_jesus.php
    • MORREU JESUS NUMA CRUZ OU NUMA ESTACA

6. OS MORTOS ESTÃO INCONSCIENTES.
“O que acontece na morte não é mistério para Jeová …na sua Palavra, a Bíblia, ele explica a condição dos mortos. …quando umapessoa morre, ela deixa de existir. …Nenhuma parte de nós sobrevive à morte do corpo. Nós não possuímos uma alma ou espírito imortal. Depois de mencionar que os vivos estão cientes de que vão morrer, Salomão escreveu: “Os mortos, porém, não estão cônscios de absolutamente nada.’ … Jesus disse aos seus discípulos: “Lázaro, nosso amigo, foi descansar.’ …Jesus explicou: “Lázaro morreu.’ (João 11:11-14) Note que Jesus comparou a morte a descanso e sono.” — O Que A Biblia Realmente Ensina?, págs. 58-59
  • PERGUNTE: “Se não há “nem mesmo uma parte de nós [que] sobrevive à morte do corpo,” o que Jesus quis dizer quando disse: Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer3.  no inferno [geena] tanto a alma como o corpo’? (Mateus 10:28) Não indica este texto que a alma não é “destruída” quando o corpo é morto? Se você considerar Salomão como uma autoridade sobre a morte e a vida após a morte, você acredita nas palavras de Salomão em Eclesiastes 9:6: ‘…para sempre não têm eles parte em coisa alguma do que se faz debaixo do sol’?4. Você acredita que quando morrer, você não terá NUNCA MAIS ‘parte em coisa alguma… debaixo do sol’? Não acreditaria que este versículo remove qualquer possibilidade de ressurreição após a morte? E que dizer de Eclesiastes 9:2 que proclama que o justo e o ímpio têm o mesmo fim? Ou Eclesiastes 3:19 que declara: ‘nenhuma vantagem tem o homem sobre os animais porque tudo é vaidade’? Você considera estes textos como representações exatas de vida e eternidade? Desde que você não os considere, você pode ver por que muitos acreditam que Salomão está apenas a retratar uma visão humanística ‘vã’ do mundo, não uma perspectiva centrada no Deus eterno? Jesus comparou a morte ao descanso e ao sono, no caso de Lázaro em João 11, porque Ele considerava o corpo de Lázaro como estando a dormir antes de Jesus o ressuscitar. Não há nada nessa passagem que indique que a “alma” ou “espírito” de uma pessoa dorme na morte. Em vez disso, em Lucas 16, Jesus contou a história de um homem rico que estava em ‘tormento’ após a morte, enquanto um homem pobre chamado Lázaro era consolado no seio de Abraão. Como poderia Jesus contar estas histórias vívidas que comparavam a “Ge · hen'na” (inferno) com um “fogo que não pode ser apagado” (Marcos 9:43, 47-49), se ele acreditava que as almas e os espíritos das pessoas dormem num estado inconsciente no “Há'des” (sepultura) ou “Ge · hen'na” (inferno)?
    • IRÁ DEUS PUNIR AS PESSOAS NO INFERNO PARA SEMPRE? Inferno - Porque acreditar nele?

    • É A ALMA HUMANA UM ESPÍRITO IMORTAL?

7. A RESSURREIÇÃO
“Que dizer de todas aquelas pessoas que não serviram nem obedeceram a Jeová porque não o conheceram? Esses bilhões de “injustos” …serão ressuscitados e terão tempo para aprender sobre o Deus verdadeiro e servi-lo. Durante um período de mil anos, os mortos serão ressuscitados e receberão a oportunidade de se juntar aos fiéis humanos na Terra em servir a Jeová. Será um tempo maravilhoso. A Bíblia chama esse período de Dia do Julgamento. Significa isso que todos os humanos que já viveram serão ressuscitados? Não. …Ele jamais ressuscitará aqueles que considerar maus e incorrigíveis. A Bíblia menciona também outro tipo de ressurreição, para a vida como criatura espiritual no céu. …Deus o ressuscitou, mas não como humano. O apóstolo Pedro explica que Cristo foi “morto na carne, mas vivificado no espírito”. (1 Pedro 3:18) …Jesus estava vivo de novo como poderosa pessoa espiritual! …Podemos ter absoluta certeza de que Jeová derrotará o nosso inimigo, a morte — e para sempre!  …De acordo com Atos 17:31, o apóstolo Paulo disse que Deus “fixou um dia em que se propôs julgar em justiça a terra habitada, por meio dum homem a quem designou”. Esse Juiz designado é o ressuscitado Jesus Cristo. …O Dia do Julgamento não será um rápido evento de apenas 24 horas de duração. Durará mil anos. …O Dia do Julgamento dará a bilhões de pessoas sua primeira oportunidade de aprender a respeito da vontade de Deus e se ajustar a ela. Isso significa que ocorrerá uma obra educativa em grande escala. …No entanto, nem todos estarão dispostos a se ajustar à vontade de Deus. …Esses iníquos serão mortos de maneira definitiva durante o Dia do Julgamento.” —O Que A Bíblia Realmente Ensina?, págs. 72-74, 214-215 
  • PERGUNTE: “Estou confuso! Como pode a Sociedade Torre de Vigia ensinar que na ressurreição, Deus ‘irá derrotar o nosso inimigo, a morte,  e ele desaparecerá para sempre!’ (Bíblia Ensina, pág. 74) se Jeová vai ‘condenar à morte' os ‘iníquos’ que foram ressuscitados, mas que se recusaram a aprender os caminhos de Jeová durante aquilo que a Sociedade descreve como o período de 1.000 anos do ‘Dia do Julgamento’? (Bíblia Ensina, pág. 215) Se os iníquos vão ser ‘condenados à morte’ durante o período de 1.000 anos, como pode a Sociedade afirmar que a morte ‘desaparecerá para sempre’ na resurreição? Como pode a Sociedade Torre de Vigia afirmar que Jeová jamais ressuscitará aqueles que considerar maus e incorrigíveis (Bíblia Ensina, pág. 74), e alega no momento seguinte que Jeová vai ressuscitar pessoas que não ‘se ajustaram à vontade de Deus’ durante o período de 1.000 anos, a fim de devotá-los à morte permanentemente (Bíblia Ensina, pág. 215)? Visto que Jeová conhece todas as coisas, não iria Ele saber quem são aqueles que não se vão “ajustar” aos seus ensinos, de modo que não haveria nenhuma razão para Ele ressuscitá-los da “morte” durante o período de 1.000 anos? 
  • PERGUNTE: “Em vez de redefinir a visão da Bíblia do Dia do Julgamento (Revelação 20:11-15), porque não ensina a Sociedade Torre de Vigia, o que a Bíblia diz sobre haver “uma ressurreição” no início do período de 1.000 apenas para os justos? (Revelação 20:4-6) Será que a Sociedade Torre de Vigia se esqueceu de Revelação 20:05 que diz: “Os demais mortos não passaram a viver até terem terminado os mil anos.? Visto que a Bíblia diz que não haverá nenhuma ressurreição durante o reinado de 1.000 anos de Cristo, como é possível a alegação da Sociedade Torre de Vigia de que as pessoas que morreram, terão uma segunda chance de voltar à vida e aprender os caminhos de Jeová através de uma obra educativa em grande escala’, durante esse período de tempo? (Bíblia Ensina, pág. 215) Não diz a Bíblia: “‘E de modo algum ensinará cada um ao seu concidadão e cada um ao seu irmão, dizendo: “Conhece a Jeová!” Porque todos me conhecerão, desde [o] menor até [o] maior deles’?—Hebreus 8:11 Que necessidade haveria de uma obra educativa em grande escala’ se os ressuscitados já conhecem a Jeová?
  • PERGUNTE: “Quanto à ressurreição, como pode a Sociedade Torre de Vigia ensinar que “Jesus ressuscitou” como ‘poderosa pessoa espiritual que não é mais “humana”, quando a Bíblia diz que Jesus ressuscitou como ‘homem’ (Atos 17:31; 1 Timóteo 2:05) com o seu “corpo” (João 2:18-22) de “carne e osso”? (Lucas 24:39) Não seria melhor para a Sociedade Torre de Vigia ensinar que a frase em 1 Pedro 3:18, significa que Jesus foi condenado à morte no poder da carne, mas levantado no poder do espírito?
    • SERÁ QUE JESUS RESSUSCITOU DA MORTE NUM CORPO ESPIRITUAL INVISÍVEL? – Analisando a visão da ressurreição da Torre de Vigia
8. O REINO DE DEUS
“O Reino de Deus é um governo estabelecido por Jeová Deus, tendo como Rei alguém escolhido por ele. Quem é o Rei do Reino de Deus? Jesus Cristo. …Embora o Reino de Deus se localize no céu, ele dominará a Terra. — Revelação (Apocalipse) 11:15. …Quem são esses 144.000? O próprio João informa: ‘São os que seguem o Cordeiro para onde quer que ele vá. Foram comprados dentre a humanidade como primícias para Deus e para o Cordeiro.’ (Revelação 14:1, 4) Sim, eles são seguidores fiéis de Jesus Cristo, escolhidos especialmente para governar com ele no céu. …Desde os dias dos apóstolos, Deus seleciona cristãos fiéis para completar o número de 144.000. …O cumprimento de profecias bíblicas mostra que em 1914 Cristo tornou-se Rei, e o Reino celestial de Deus começou a operar.” —O Que A Bíblia Realmente Ensina?, págs. 77-79, 85
  • PERGUNTE: “Em João 3:3, Jesus disse que temos de “nascer de novo”, antes de podermos ver o Reino de Deus.Você nasceu de novo?5. Por que as Testemunhas de Jeová pregam sobre um reino que não poderão ver?
    • VOCÊ VERÁ O REINO DE DEUS?
      http://www.4jehovah.org/card-jwkingdom.php
  • PERGUNTE: “Onde diz na Bíblia que apenas 144 mil pessoas estarão no céu? Os capítulos 7 e 14 de Revelação, são as únicas passagens na Bíblia que descrevem o grupo dos 144.000. No entanto, em nenhum lugar as Escrituras dizem que este grupo de pessoas é o único grupo no céu. Na verdade, Revelação 7:2-4 afirma que os 144.000 são ‘selados’ na terra durante a “grande tribulação” (ver versículos 1-4, 14). Terá a “Grande Tribulação” de vir sobre a terra ainda? Se não, como podem as Testemunhas de Jeová acreditar que Deus começou a ‘selar os cristãos fiéis’ para ser parte deste grupo ‘desde os dias dos apóstolos’, se este grupo é suposto ser “selado” na terra durante a ‘grande tribulação’? Por que Deus precisaria de ‘selar’ os 144.000 para protegê-los (Revelação 9:3-4) se a maioria deles seria morto e ressuscitado para a vida celestial, antes da ira da tribulação de Deus vir sobre a terra?
    • QUEM SÃO OS 144.000?
  • PERGUNTE: “Se Jesus não recebeu a Sua autoridade como Rei do Reino de Deus até 1914, porque Jesus afirmou depois de Sua ressurreição, o seguinte: ‘Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra.’?—Mateus 28:18 Se “toda a autoridade” foi dada a Cristo na sua ressurreição, que autoridade foi deixada para ele receber em 1914?
    • RECEBEU JESUS A SUA AUTORIDADE EM 1914?
9. OUTROS TEMAS A SER PREPARADOS PARA DISCUTIR COM AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ:
Enquanto nós abordamos as crenças doutrinais essenciais das Testemunhas de Jeová que afetam a salvação, há outros temas que deve estar preparado para discutir e defender se surgirem na conversa. Estes são a participação de um cristão na guerra e na política, a aceitação de transfusões de sangue, e as celebrações de feriados e aniversários. Alguns recursos para ajudá-lo a defender e discutir essas crenças de forma inteligente, com as Testemunhas de Jeová, encontram-se nos seguintes artigos:
  • GUERRA E NEUTRALIDADE - Devem os cristãos permanecer neutros durante a Guerra?
  • O AMOR CRISTÃO PELOS IRMÃOS OBRIGA À ABSTINÊNCIA DA GUERRA?
  • É A NEUTRALIDADE POLÍTICA CRISTÃ?—PARTE I / PARTE II
  • SÃO OS FERIADOS E ANIVERSÁRIOS CELEBRAÇÕES PAGÃS?
  • SEGREDOS DAS TRANSFUSÕES DE SANGUE DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - 12 Perguntas para as Testemunhas de Jeová sobre o uso do sangue
PARA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE COMO CHEGAR ÀS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ, VEJA:
  • COMO TESTEMUNHAR EFICAZMENTE AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ – Quebrando a Barreira da Torre de Vigia — Um Guia passo-a-passo para os cristãos quebrarem a confiança das Testemunhas de Jeová na literatura da Sociedade Torre de Vigia e na estrutura de organização
  • O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA RESGATAR O SEU ENTE QUERIDO DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ —Como Abrir a Mente Fechada de uma Testemunha de Jeová Amiga ou Parente 
  • Expondo o livro da Torre de Vigia: O QUE A BÍBLIA REALMENTE ENSINA? — Uma resposta ponto por ponto a partir de uma perspectiva bíblica e perguntas a fazer às Testemunhas de Jeová de cada capítulo deste livro de “Estudo” 

  • O QUE DEUS REQUER?—Respostas Bíblicas a Perguntas Que as Testemunhas de Jeová Fazem (www.4jehovah.org) — Um diálogo simulado entre uma cristã chamada Isabel, que estuda com uma Testemunha de Jeová chamada Susana e que discute a  brochura da Torre de Vigia de 1996, intitulada: O Que Deus Requer de Nós?
===========
1. Para mais informações acerca dos ensinos das Testemunhas de Jeová aqui mencionados, veja: QUEM SÃO AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ? – A sua História, Ensinos e Práticas: http://4witness.org/testemunhas-de-jeova/pt-jw-beliefs.php e Doutrina da torre de Vigia Exposta: http://www.4witness.org/jehovahs_witness/jw_exp.php. 

2. As Testemunhas de Jeová muitas vezes argumentam, que Jesus deve ser o “Filho” de Deus pela criação, e não por natureza, porque Adão (Lucas 3:38) e os anjos (Jó 38:7) são também chamados de “filhos de Deus.” Se elas usarem este argumento, realce que, enquanto Adão e os anjos são chamados de “filhos de Deus”, porque eles são criados por Deus, Jesus é chamado de Filho “unigênito”  de Deus (João 1:18, 3:16), pois Ele é o “Deus” por natureza (Hebreus 1:5, Gálatas 4:8), e não por criação (João 1:3).

3. Embora Mateus 10:28 declare que a  “alma” pode ser “destruída,” a palavra grega ἀπολέσαι (ἀπόλλυμι – apollymi) traduzida“destruir” não significa aniquilação, mas antes “perecer” no sentido de “ruína, perda, deixar de ser, mas de bem-estar”—Vines Complete Expository Dictionary of Biblical Words, 1977, pág. 164
4. Eclesiastes 9:6 imediamente precede o versículo citado na publicação da Torre de Vigia, Eclesiastes 9:5: “os mortos, porém, não estão cônscios de absolutamente nada.”
5. A maioria das Testemunhas de Jeová vão dizer "não" a esta pergunta, porque elas acreditam que, a menos que façam parte dos 144.000 que irão para o céu, elas não precisam "nascer de novo." Veja A Sentinela, 15 de fevereiro de 1998, pág. 13.



"Ao único Deus sábio, Salvador nosso, seja glória e majestade, domínio e poder, agora, e para todo o sempre." (Jd 1:25.) 
https://www.facebook.com/centro.apologetico 
E-mail: abdiasbarreto@gmail.com 
Whats-App - 85.98857-5757.
Cel - 85.99905-5757. 
Prof. Abdias Barreto.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...